(Fonte da imagem: Reprodução/Alonao)


Você provavelmente já assistiu a um filme duas vezes ou lê o mesmo livro todos os anos — se você não é assim, talvez conheça alguém que tenha essas manias. Isso é tão normal que algumas pessoas compram o DVD de histórias que elas já viram no cinema, por exemplo.

Apesar de não ser nada bizarro, você já se perguntou o motivo de isso acontecer? Pois Cristel Antonia Russell, que é uma professora da Universidade do Arizona, já. Por esse motivo, ela decidiu realizar uma pesquisa para descobrir o que causa esse comportamento, já que ele não é muito prático ou lógico.

É mais do que o simples gostar

Para chegar a resultados plausíveis, a professora entrevistou 23 pessoas e fez perguntas cheias de palavras e frases chaves. Com isso, ela descobriu que esses indivíduos consomem o mesmo produto — independente de ser um livro, filme ou viagem — pelo fato de que o cérebro delas já sabe a recompensa que vai ser ganha, como satisfação ou relaxamento.

Contudo, há outro motivo muito grande para que esse comportamento ocorra: muita gente usa este “recurso” para avaliar como a própria vida mudou. Com isso, você pode comparar o seu estado atual com o momento em que você viu o seu filme preferido pela primeira vez, por exemplo.

Tá, e o que isso quer dizer?

Você pode achar que isso é uma coisa boba, mas algumas pessoas conseguem realizar uma avaliação bastante profunda sobre o momento vivido — como o caso de uma das entrevistadas de Russell, que superou um relacionamento ruim revendo o mesmo filme.

Ou seja, essa é uma forma de terapia inconsciente que muita gente pratica por aí, e não a demonstração de que a pessoa gostaria de voltar ao passado. Contudo, isso não ignora o fato de você ler o mesmo livro por gosto, mas é apenas um dos motivos que podem influenciar a sua decisão.